Fiquei chocado ao ler, no “Globo”, que a edição digital do livro-manifesto de Hitler, “Mein kampf” (“Minha luta”, em português),
Continue lendo