A possibilidade de mandar para a cadeia um réu condenado em segunda instância é uma das questões fundamentais da disputa político-jurídica.