Domingo, 11 de dezembro de 2016
Mantenedores mantenedores

Tag: metas de inflação

Reduzido espaço de manobra

Pedro Malan

Em junho próximo, o governo Dilma deve definir a meta de inflação para 2016. O mais provável é que, sem muito alarde, seja reafirmada a meta em vigor há anos, ou seja, 4,5% mais ou menos dois pontos porcentuais. O momento não sugere mudança, já que, em reiteradas declarações, nossa ... Leia mais

Ataque especulativo?

samuel pessoa

Nas últimas semanas, o secretário do Tesouro, Arno Augustin, tem afirmado que há, por parte do mercado, um ataque especulativo contra a política fiscal. De fato, quando olhamos o comportamento de uma medida de risco-país –os juros pagos pelos derivativos de proteção contra ris- co de inadimplência dos títulos soberanos ... Leia mais

Dilma escolhe Marina

Merval Pereira

Há uma clara razão estratégica para a presidente Dilma ter escolhido Marina Silva como a adversária a ser batida, além do fato de as pesquisas de opinião independentes mostrarem que a ex-senadora é a adversária que mais perigo lhe oferece no momento. Não é de hoje que, paradoxalmente, os estrategistas ... Leia mais

Vítor Wilher: “Regime de metas, descanse em paz!”

Por Vítor Wilher O regime de metas de inflação no Brasil já claudicava há algum tempo, leitor. Sob a influência do purismo “svenssoniano”, eu tomei consciência de que a ata da 155ª reunião (em dezembro de 2010) significava a entrada do paciente no hospital, exigindo cuidados intensivos. Foi nessa reunião ... Leia mais

O alto custo da irresponsabilidade

Inflacao

Há quase um ano afirmei em meu primeiro artigo para o Instituto Millenium que os programas de Bolsa Família  atuariam como agentes inflacionários, pois estão sendo utilizados como forma de comprovar uma renda inexistente, visto que é um processo de transferência de renda, e assim expandindo de maneira irresponsável e ... Leia mais

Por que foi possível flexibilizar o regime de metas de inflação?

Vitor wilher

“(…) Para as economias periféricas, entretanto, nunca houve condescendência: em caso de crise, a política econômica não poderia ser anticíclica, dirigida para minorar seus efeitos, mas perversamente pró-cíclica, para restabelecer a confiança abalada.” André Lara Resende A epígrafe a este artigo resume como foi a política econômica brasileira ao longo ... Leia mais

Dupla distorção

Carlos Alberto Sardenberg

Tem pessoas assim: dizem uma coisa, fazem outra. Mentirosas — é a interpretação que ocorre imediatamente. E, se solicitados exemplos, quase todo mundo dirá: governantes, políticos, deputados e senadores em especial etc. Mas isso é senso comum. Podemos complicar a história. E quando as pessoas acreditam mesmo que fazem o ... Leia mais

O humor negro do BC

A economia vai mal, a recuperação será lenta e os juros poderão continuar sem aumento até o fim do próximo ano, segundo as novas previsões e indicações do Banco Central (BC) em seu relatório trimestral de inflação. O crescimento econômico estimado para este ano caiu de 2,5% para 1,6%. O ... Leia mais

O problema está no ruído

Vítor Wilher

O filósofo prussiano Immanuel Kant (1724-1804) resume bem o que vem a ser credibilidade na boa teoria macroeconômica. Para ele, se você quer ter credibilidade deve necessariamente cumprir com suas promessas. Todo o regime de metas de inflação, diga-se, está fundado nesse pequeno grande conceito. É de se perguntar justamente ... Leia mais

Um novo Banco Central?

O mais recente relatório de inflação, a peça mais importante utilizada pelo repertório retórico do Banco Central, trouxe um banco mais enxuto nas palavras. Aquela visão meio tortuosa da conjuntura, com várias justificativas para o injustificável, cedeu lugar a um tom mais comedido, ao foco das causas básicas da inflação ... Leia mais

A meta da inflação de 2013

Considerando que estamos nos aproximando do meio do ano, passa a ser pertinente iniciar o debate acerca da definição da taxa de inflação de 2013, a ser tomada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) este mês. O sucesso do sistema de metas de inflação é inquestionável. Basta dizer que, nos 6 ... Leia mais

Uma recessão diferente

Há um ano o Brasil atravessava o ponto mais fundo da recessão, a mais intensa desde o começo dos anos 80 e, ao mesmo tempo, a menos custosa socialmente. Durou apenas seis meses, mas em cada trimestre o Produto Interno Bruto (PIB) encolheu em média 1,9%, bem mais que em ... Leia mais