José Calazans, da Nielsen Ibope, analisa o impacto da rede sobre as eleições