Pacificação aquece a economia nas favelas