O ponto central nem chega a ser o fato de, ao abrir as portas para o “bolivariano” Hugo Chávez, o
Continue lendo