Quando o próprio governo reconhece que o regime cambial é de “flutuação suja”, é porque não restou flutuação, só sujeira.
Continue lendo