Proposta vale para condenado por crimes como corrupção e improbidade. Texto segue para o plenário e, se for aprovado, seguirá
Continue lendo