Em 2005, quando ocupava o cargo de economista-chefe do FMI, Raghuram G. Rajan alertou seus pares sobre o risco de
Continue lendo