Os números refletem o descompasso e consolidam um óbvio consenso: um Estado cuja participação na economia brasileira cai de 10%,
Continue lendo