O ministro da Fazenda referia-se ao seu plano de ajuste fiscal para "arrumar a casa"