Adriano Pires: "Entre 2011 e 2013, as perdas com o represamento dos preços da energia somaram R$ 105,80 bilhões"