O caso da fuga do senador boliviano Roger Pinto Molina é inédito na história diplomática do Brasil. Nunca um diplomata
Continue lendo