Gaudêncio Torquato: "Repetem-se práticas arcaicas num deserto de ideias e de promessas"