Governos, empresas, escolas e famílias — e também o próprio jovem. Cada um tem sua parcela de culpa na existência da geração “nem nem”: população de 5,3 mil...