É chocante constatar como a posição do Brasil no ranking de problemas fiscais se inverteu dos anos 90 para cá.
Continue lendo