Faz 10 anos que Sergio Vieira de Mello nos deixou. O vazio ainda ecoa com força, transcendendo, em muito, as fronteiras nacionais. Aliás, a obra deixada pertence ao mun...