Demanda de consumo não é problema no Brasil. Sem subprimes (empréstimos “bichados”), os gastos públicos correntes e o crédito crescem
Continue lendo