Sábado, 10 de dezembro de 2016
Mantenedores mantenedores

Tag: taxa selic

Início de ano (in)tenso

crise nos negócios

Janeiro acabou mais (in)tenso do que o esperado. Já não era lá tão promissor, ainda mais depois da saída desgastante do Ministro Joaquim Levy, em “fritura branda” ao longo do ano passado. No entanto, fatores externos acabaram predominando com mais intensidade, embora os domésticos, também, tenham dado a sua contribuição. ... Leia mais

A economia de Dilma, sem rodeios

Franco

O governo petista, iniciado em 2003, contou com quatro maravilhosas turbinas, todas alheias à sua vontade. A primeira teve a ver com bancos. Com o sistema (privado e público) totalmente saneado, depois de um conserto caro e trabalhoso, o crédito mais que dobrou, de 2003 até nossos dias, ultrapassando 55% ... Leia mais

Intenção e gesto

Alexandre Schwartsman

Embora ateu, sou fascinado pela literatura bíblica, como, imagino, alguns dos 18 heróis já devem ter percebido. Li recentemente um estudo sensacional a respeito, mais precisamente sobre a evolução da interpretação das Escrituras, “How to Read the Bible”, de James L. Kugel, e aprendi que, de acordo com a visão ... Leia mais

A futilidade do controle de preços

Samuel Pessoa

Ao longo dos oitos anos do governo de Lula, o crescimento foi relativamente elevado, com uma alta média do PIB de 4% anuais. Minha interpretação foi que a aceleração do crescimento nesse período resultou principalmente da maturação de um conjunto de reformas institucionais que elevaram a eficiência da economia. Simultaneamente ... Leia mais

Oráculos e profecias

Alexandre Schwartsman

Tenho evitado fazer previsões de taxas de juros nas minhas colunas, ao contrário do que ocorre em minha atividade como consultor, em que a maior parte do meu tempo é dedicada à tarefa de tentar adivinhar os resultados das reuniões do Copom, como a de hoje. Em parte, essa postura ... Leia mais

Hesitação autônoma

Alexandre Schwartsman

O cenário inflacionário piorou, mas o BC ainda não foi capaz de decidir se vai fazer algo a respeito Na semana passada, o Banco Central divulgou seu Relatório Trimestral de Inflação e, com ele, suas previsões para a inflação até o primeiro trimestre de 2015. Como os 18 leitores já ... Leia mais

Xô assombração!

Roberto Luis Troster

O fantasma da inflação volta a assustar. Para espantá-lo a presidente Dilma Rousseff anunciou a desoneração de alguns produtos da cesta básica. Em sintonia, o Banco Central, em seu comunicado após a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) e na ata divulgada na semana passada, deu a entender que ... Leia mais

A regra da poupança

Fábio Giambiagi

Em 2012, o Governo modificou a regra da caderneta de poupança. A mudança foi bem recebida e pode ser qualificada como engenhosa. De fato, o Governo conseguiu o que queria — “destravar” o processo de redução dos juros, eliminando o piso associado à antiga regra da poupança — e, ao ... Leia mais

Pé trocado, peneira furada

Alexandre Schwartsman

Com a queda da taxa de juros, parece ser disseminada a visão de que agora o Tesouro, ao pagar menos pelo serviço de sua dívida, teria um espaço para gastar mais. Trata-se de um equívoco, seja do ponto de vista empírico ou do ponto de vista teórico, mas que, concretamente, ... Leia mais

Fundos de pensão: a escolha de Sofia

Fábio Giambiagi

A queda da taxa Selic era uma antiga aspiração nacional, por várias razões, pelo fato de estimular a produção, melhorar o nível de emprego, mitigar a apreciação da taxa de câmbio e reduzir a despesa de juros. Contudo, é necessário atentar para o outro lado da moeda, associado a aspectos ... Leia mais

A piada do atual crescimento baixo pode azedar o humor

sergio-vale_imil

Como esperado, os primeiros dados de maio e junho sinalizam uma franca deterioração da economia brasileira, obviamente atrelada ao cenário internacional. Esses resultados são um prenúncio de um segundo trimestre que deverá terminar com crescimento ainda menor do que o do já fatídico primeiro trimestre. Em outras palavras, para crescer ... Leia mais

Doença brasileira

Rolf Kuntz

Não há doença holandesa por aqui. A indústria do Brasil está sendo corroída por uma doença inequivocamente brasileira. Longe de ser uma praga, como em outros países dotados de recursos naturais, a exportação de produtos básicos tem sido uma bênção para um país assolado por uma combinação de paralisia política, ... Leia mais