“Brasil já se tornou uma economia de serviço”

Raul Velloso

Em encontro do Conselho Curador do Centro Brasileiro de Relações Internacionais (Cebri), o especialista do Instituto Millenium Raul Velloso fez uma análise das mudanças sofridas pela economia nos últimos sete anos. Segundo o economista, desde 2003 o país operava de acordo com um modelo baseado no consumo que, a partir de 2007, começou a se enfraquecer. O país sente as consequências, entre elas a estagnação da taxa de crescimento e a derrocada da indústria, “a grande perdedora desse modelo”, de acordo com Velloso. O economista lembra que no início da Era Lula o PIB do Brasil era de 4,8% e, atualmente, não vai muito além de 2%, sendo que o setor de serviços responde por 70% do PIB, em detrimento do segmento industrial. “O Brasil já se tornou uma economia de serviço”, diz Velloso. Assista e comente

RELACIONADOS

Deixe um comentário