Domingo, 4 de dezembro de 2016
Mantenedores mantenedores

Qual é a origem da crise?

O economista e ex-presidente do Banco Central Gustavo Loyola pontuou os erros que, na opinião dele, empurraram o Brasil para a recessão, no evento “Economia em Foco”, organizado pelos estudantes de economia do Diretório Acadêmico da Fundação Getulio Vargas (DAGV). Entre as causas da deterioração da politica econômica, Loyola aponta a visão anacrônica do mundo, a noção equivocada do papel do Estado, o desconhecimento da dinâmica dos mercados, o erro na aplicação dos incentivos pelos agentes econômicos.

Na opinião do economista os equívocos começaram em 2003, no primeiro mandato do ex-presidente Lula. “Naquele momento foram lançadas as sementes que frutificaram a grave crise econômica”.

O ex-presidente do BC explica que os sinais da crise eram poucos perceptíveis em 2003, por conta de um cenário internacional favorável, principalmente em função do “boom” das commodities, e da estabilização econômica alcançada com o Plano Real. Foi 2008-2009 que, segundo Gustavo Loyola, houve o agravamento da crise. “Foi aí que o governo iniciou uma feitiçaria, batizada Nova Matriz Econômica, que queria fazer a economia crescer a custas da irresponsabilidade fiscal e monetária, do inflacionismo, da intervenção nos mercados, do retrocesso em várias reformas etc etc”, conclui.

Escreva um comentário

Seu e-mail não será publicado.