Sexta-feira, 9 de dezembro de 2016
Mantenedores mantenedores

Sinal amarelo para a democracia na AL

O cientista político e filósofo Fernando Schüler defendeu a democracia republicana, com respeito aos três poderes e aos mecanismos institucionais, durante debate na Casa da Liberdade, que reuniu especialistas na Festa Literária Internacional de Paraty (Flip). É preciso ter uma “democracia mantendo a liberdade, republicana, constitucional, com checks and balances. Não uma democracia plebiscitária, na qual a maioria pode tudo, mas sim com uma maioria que respeita as minorias, na qual funciona a autonomias dos poderes”, disse ele, acrescentando que esse tipo de sistema político está em risco em alguns países da América Latina. “A democracia voltou a ser o centro da atenção e da tensão política na América Latina”, afirmou, para resumir: “O balanço [sobre a democracia na AL] é positivo, mas é com sinal amarelo”. Schüler participou do painel “O estado da democracia na América Latina” com a cientista política e professora da PUC-Rio, Maria Celina D’Araújo. Quer saber mais? Assista ao vídeo.

Escreva um comentário

Seu e-mail não será publicado.