Serra Leoa e Etiópia são cinco vezes menos burocráticos do que o Brasil

Com o objetivo de despertar a sociedade para uma reflexão sobre a alta carga de impostos no Brasil, o advogado Vinícios Leôncio escreveu “Pátria amada”.  O livro pesa 7,5 toneladas, conta com mais de 41,2 mil páginas, mede 2,10 metros de comprimento por 1,50 de largura e tem lombada de 2,16 metros. Apesar do tamanho, a obra é uma consolidação parcial das leis tributárias do país. “Uma empresa brasileira gasta 2.600 mil horas anuais somente para atendimento da burocracia tributária. Somos o pior país do mundo em termos de burocracia e estamos piores do que Serra Leoa e Etiópia, que são cinco vezes menos burocráticos do que o Brasil. Quanto mais burocrática uma sociedade, mais desonesta ela é”, diz o autor. Ouça

 

 

RELACIONADOS

Deixe um comentário