Quinta-feira, 8 de dezembro de 2016
Mantenedores mantenedores

Não confiam nos políticos, mas amam o Estado

pare de acreditar“A sociedade espera que o governo resolva todos os problemas sociais, políticos e econômicos”, diz o cientista político Bruno Garschagen, autor do livro “Pare de acreditar no governo – Por que os brasileiros não confiam nos políticos e amam o Estado” (Record, 2015). Na obra, Garschagen, especialista do Instituto Millenium, investiga um paradoxo: os brasileiros atribuem ao Estado o papel de grande provedor de suas necessidades, mas, por outro lado, detestam os políticos que o compõem. Ele analisa como essa mentalidade foi se formando concomitantemente ao intervencionismo do Estado. “O papel do governo tem que ser mínimo sempre. Em um país como o nosso, com uma série de carências e problemas é impossível atribuir ao Estado toda a responsabilidade”, diz Garschagen , mestre em Ciência Política e Relações Internacionais pela Universidade Católica Portuguesa e Universidade de Oxford. Na opinião de Garschagen, a participação ativa do cidadão é fundamental para mudar o quadro. “Temos que parar de acreditar no governo para que a gente passe a valorizar a iniciativa privada. Enquanto continuarmos pedindo que ele faça um montão de coisas, vamos continuar colocando esses políticos no poder. É parar de acreditar para que a gente possa construir uma sociedade saudável e próspera”. Ouça

Escreva um comentário

Seu e-mail não será publicado.