Sábado, 3 de dezembro de 2016
Mantenedores mantenedores

Paulo Roberto Almeida: “O Brasil ficou para trás nos intercâmbios científicos e tecnológicos”

Intercâmbios no exterior como incentivo à capacitação de jovens brasileiros foi o tema abordado pelo Instituto Millenium em entrevista com o diplomata e cientista político Paulo Roberto de Almeida. Neste podcast, o diplomata avalia o programa “Ciências sem fronteiras” e fala sobre a urgente necessidade por uma internacionalização das universidades brasileiras. Almeida aborda ainda a má gestão de recursos para educação e afirma: “precisamos atingir o padrão das grandes universidades do mundo”.

Um comentário

  1. Regina Caldas

    Excelente entrevista, parabéns Paulo Roberto! Suas conclusões finais são valiosas: precisamos abrir nossas Universidades para o exterior. Mas, se não houver incentivo concreto desde o curso primário, não será fácil combater nossa mentalidade xenófoba. Na minha época escolar, através dos estudos de línguas conhecíamos, através de leituras, a cultura de outros povos.Lembro-me ainda claramente, do livro de francês da FTD, de Blanche T. Jacobine, com leituras sobre a França e belas imagens.

Escreva um comentário

Seu e-mail não será publicado.