Segunda-feira, 5 de dezembro de 2016
Mantenedores mantenedores

“Linchamento tem relação com a impunidade”, diz pesquisadora da USP

Ariadne NatalDificuldade para lidar com a ideia de justiça. É o que revelam os casos de linchamento, segundo a pesquisadora do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (USP), Ariadne Natal. “O linchamento tem relação com a percepção de impunidade, de que crimes não são punidos, e mais ainda, de que não são punidos adequadamente”, explica ela. Segundo Ariadne, parcela da população ainda acredita que o certo é atingir o outro fisicamente. “As respostas que as pessoas esperam não são necessariamente democráticas. Isso é uma falha do nosso sistema democrático que não conseguiu incutir valores de justiça, a ideia de que é diferente de vingança”, explica ela, acrescentando que instituições atuantes, que funcionem bem, são fundamentais para convencer a população de que outro caminho, sem violência, é possível para a sociedade. “O bom funcionamento do Estado é a melhor resposta para a população aderir às instituições e acreditar que elas estão lá para atender às pessoas”, diz Ariadne. Ouça o podcast.

Escreva um comentário

Seu e-mail não será publicado.