“As pessoas querem autonomia”

Foto-depoimento-Carolina-da-Costa-1-e1466335475806-iloveimg-resized-iloveimg-cropped

O empreendedorismo é um assunto que tem despertado o interesse de jovens universitários que pretendem desenvolver novas oportunidade de negócios e gerar um resultado positivo no ambiente em que vivem. Com o intuito de incentivar esse comportamento, o Centro de Empreendedorismo do Insper (CEMP), criado em 1999 junto com os cursos de administração e economia da instituição, oferece espaço para projetos de mentoria e aceleração de negócios aos estudantes.

Carolina da Costa, diretora acadêmica de graduação e do CEMP, explica que o centro funciona através de parcerias dentro da grade curricular dos cursos, e é dividido em programas de quatro etapas: formação, estruturação das ideias, estruturação do projeto e a aceleração. Durante as duas últimas fases, os alunos contam com suporte para se apresentarem a possíveis investidores, de modo a atrair o capital necessário para colocar os projetos em operação. Ela esclarece ainda que, hoje, o trabalho do centro se direciona a uma compreensão mais ampla acerca do conceito de empreendedorismo: “As pessoas querem autonomia, ter acesso a recursos para criar projetos e transformar ideias em realidade. Isso não se limita a criar um negócio. O interesse não é só empreender, mas impactar o entorno.”

Nesse contexto, a relação entre a universidade e o mercado de trabalho é fundamental para formar profissionais com espírito empreendedor e mente aberta à inovação. Segundo Carolina, para que isso ocorra, é preciso que a instituição estabeleça canais de diálogo com alunos, professores, mentores e demais stakeholders de forma orgânica, e não contar apenas com um polo isolado. E complementa: “Empreender é a capacidade de entender um problema ao seu redor e gerar uma solução eficiente e inteligente que atenda a essa necessidade”.

Ouça!

RELACIONADOS

Deixe um comentário