Quarta-feira, 7 de dezembro de 2016
Mantenedores mantenedores

“Apurar e punir a corrupção não atrapalha a economia”

Historiador e especialista do Instituto Millenium, Marco Antonio Villa acredita que neste cenário de crise política e econômica, permeada por discussões sobre a possibilidade de impeachment, a população reconhece o significado de um processo de impedimento contra a presidente do país. Ele ressalta que, diante de tantos casos de corrupção, as instituições democráticas no Brasil ainda têm deixado a desejar. “Elas só vão funcionar adequadamente se a população ficar atenta, marcando firme e forte”, disse ele. Apesar de ainda ter muito a avançar, o balanço do momento político e econômico, até o momento, é positivo. “Apurar e punir a corrupção não atrapalha a economia do país. O que atrapalha é a existência e a permanência da corrupção e da impunidade”, ressaltou. Ouça o podcast.

Um comentário

  1. Abnaldo Oliveira Rocha

    Falou tudo.Punir é deixar o cara preso,confiscar seus bens adquiridos de forma ílicita,se exercerem cargos publicos sejam impedidos de concorrerem em qualquer época a outros cargos na área publica.Acabara com essa tal imunidade parlamentar que vem da época do militarismo e tinha outra função na época e agr todos roubam e depois vem co imunidade parlamentar.Congelar o salarios dos parlamentares,juízes e acabar com cônsul do Brasil no exterior que só consomem dinheiro do Brasil e ñ servem para nada.Muita a coisa a ser feita parar melhorar esse Brasil varonil,ações rápidas e cirúrgicas,mas precisa de pessoas de coragem no poder para fazê las.

Escreva um comentário

Seu e-mail não será publicado.