Sábado, 10 de dezembro de 2016
Mantenedores mantenedores

Projeto aproxima livros e pessoas

Pensando em formar leitores e colocar os livros para circular, a produtora cultural Cristina Oldemburg fundou em 2003, o projeto “Sala de leitura“. Espalhadas em espaços públicos de 24 estados brasileiros – como escolas, hospitais, associação de moradores e unidades do sistema prisional -, as bibliotecas tem um acervo de 840 mil livros não didáticos.

E o projeto não para de crescer. Em agosto de 2016 foram inauguradas 11 unidades em 4 cidades, Parazinho (RN), Vitória (ES), Linhares (ES) e Cachoeira de Itapemirin (ES). Ao todo são 840.

Cristina Oldemburg explica que as salas são instaladas em regiões afastadas dos grandes centros e que, além de fornecer os livros, o projeto se preocupa em formar agentes de leitura dentro das comunidades.

O resultado, segundo a idealizadora do projeto, é a integração entre as escolas, onde as salas funcionam, e os moradores locais.

“A sala de leitura é um instrumento de relacionamento entre a escola e a comunidade”, afirma.

Ouça!

Escreva um comentário

Seu e-mail não será publicado.