Promoção “Privatize já” – Promoção encerrada!

Por que a privatização torna as empresas
estatais mais eficientes?

Os autores das três melhores respostas serão presenteados com o livro “Privatize já – pare de acreditar em intrigas eleitorais e entenda como a privatização fará do Brasil um país melhor” (Leya, 2012), do economista e membro do Instituto Millenium Rodrigo Constantino.

Vencedores:
Leonardo Rocha
Thiago Braga Martins
Carlos Lopes

Saiba mais
Em “Privatize já” (Leya, 2012), Constantino  procura desmistificar o termo privatização, expondo as vantagens de um processo como este quando é bem feito.

Para o autor, está provado que o modelo de empresas estatais no Brasil não funciona. Hoje, são as menos lucrativas e as que mais empregam. Ainda assim, boa parte da população treme ao ouvir o palavrão “privatizado”. Mas se o serviço público não funciona, por que a privatização se tornou essa heresia? De acordo com Constantino, por pura falta de informação.

O economista destaca o caso das empresas brasileiras de telefonia, que há alguns anos eram as detentoras das linhas e licenças. Quando um cidadão queria uma linha telefônica devia preencher um pedido, enfrentar uma fila, passar por um sorteio e, mesmo assim, só podia adquirir um número depois de meses, ou anos. Hoje, após as privatizações, o consumidor pode ter quantas linhas quiser, brigar por taxas mais baixas e optar pelas opções pré-pagas. A quantidade e a qualidade dos serviços aumentaram exponencialmente.

Tomando por base a lei do livre comércio, Constantino afirma que a concorrência entre empresas privadas costuma ser garantia de bons serviços, e um passo extremamente importante na direção de mais progresso, prosperidade e liberdade.

RELACIONADOS

Deixe um comentário

4 comments

  1. Wilson Carvalho

    Pretendo comprar o mais breve possível o livro do Constantino. Aliás, desde que o descobri em um artigo no Globo, tem se tornado uma de minhas leituras obrigatórias.
    Espero que ele tenha considerado o que para mim é a princiçal vantagem da empresa privada: o proprietário compensa o seu risco apropriando-se do resultado; a sociedade se apropria de uma parcela muito maior via impostos recolhidos (nenhuma empresa tem rentabilidade maior do que os impostos que recolhe).Forma-se o círculo virtuoso.

  2. Flavio

    O problema central não é ser Estatal ou Privado. É garantir que os mais preparados ocupem as posições chaves para que o Negócio prospere. Regras claras e que garantam oportunidades iguais para os que querem concorrer. A empresa privada também está inserida em um sistema público. Não é porque eu tenho febre que devo quebrar o termometro. Existem empresas privadas e estatais excelentes no mundo.
    Temos que entender o funcionamento das melhores. Copiar e aperfeiçoars esse modelo. E a sociedade pressionar o sistema público.

  3. joao

    Gostaria que divulgassem as respostas dos vencedores da promoção.
    Grato.
    João P. Filho

  4. Comunicação Millenium

    Comunicação Millenium

    Caro João,
    A equipe do Instituto Millenium enviou um e-mail para você com as respostas vencedoras da promoção “Privatize Já”.

    Obrigado pelo contato.