Próximo “Millenium nas redações” estará no “Diário do Comércio”

Na nona edição do projeto “Millenium nas redações”, o economista e especialista do Instituto Millenium, Vitor Wilher , conversará com os repórteres do “Diário do Comércio”, em Belo Horizonte, no dia  31 de maio de 2013.

Wilher apresentará aos jornalistas a palestra “Análise da conjuntura brasileira recente”. “Farei um breve retrospectiva do que era a política econômica brasileira antes e depois da crise. Se no período anterior à crise, ela era conduzida com objetivo de alcançar credibilidade, no período posterior à crise, o que existe é uma tentativa descoordenada de gerar incentivos anticíclicos, visando manter a taxa de desemprego baixa. Isso, entretanto, tem se mostrado inócuo, uma vez que gera desequilíbrios importantes dentro da economia brasileira, como pressões inflacionárias e aumento do déficit em conta corrente”, destacou.

Nesse contexto, a apresentação mostrará: a) porque foi possível crescer no período de 2003 a 2008, com estabilidade de preços e equilíbrio no balanço de pagamentos e b) porque no pós-crise, não só não estamos crescendo como estamos enfrentando pressões inflacionárias e aumento do déficit em conta corrente.

“Minha conclusão será que, consultando a teoria econômica, o governo deveria estar preocupado em: 1) voltar a praticar uma política econômica (fiscal e monetária) previsível, conduzida a partir de regras; 2) implementar as reformas estruturais que foram abandonadas nos últimos anos. Isto, e não o uso discricionário da política econômica visando incentivar o consumo, é que fará o Brasil voltar a uma trajetória de crescimento sustentável”, conclui o economista.

Millenium nas redações
O projeto promove encontros entre especialistas da rede do Instituto Millenium e jornalistas. Eles acontecem nas redações e duram cerca de 1h15. O tema da palestra e o nome do especialista são decididos em conjunto. Os assuntos são variados, de acordo com o perfil de cada veículo, mas sempre relacionados com os valores do Instituto (democracia, Estado de Direito, economia de mercado e liberdade). O “Millenium nas redações” visa contribuir para a liberdade de expressão, pois quanto mais ampla e mais critica for a formação do jornalista, melhor será a qualidade da imprensa no Brasil.

RELACIONADOS

Deixe um comentário